30.12.15

MultCult#6

MultCult#6. Das diferenças natalinas. A festa de Natal canadense é bem parecida com a celebração brasileira. Família e amigos reunidos, troca de presentes, Papai Noel, árvore enfeitada e peru assado na mesa. O peru é originário da América do Norte e foi levado para a Europa. Faz parte do cardápio festivo do Canadá, principalmente no jantar do Natal e da Ação de Graças (Thanksgiving). Há muito tempo também está presente nas mesas do Brasil, apenas com a diferença dos acompanhamentos.

No Canadá, o peru é sempre servido com ''gravy'', que é o delicioso molho feito com o caldo que sobra na assadeira. Há o ''cranberry sauce'', molho agri-doce, que parece uma geléia feita de cranberry,  pequena fruta vermelha de clima frio. Mais purê de batatas e vegetais cozidos. Tem também o delicioso ''stuffing'', que é o enchimento que se coloca dentro da cavidade do peru.

Esse recheio é feito de pequenos pedaços de pão torrado, mais temperos e ervas, frutas secas, nozes, miúdos do peru picados, a depender da receita.  O stuffing pode ser colocado dentro do peru e assado junto. Mas muitas vezes prefere-se cozinhá-lo à parte, para diminuir o tempo de forno.

Cada família brasileira faz ligeiramente diferente, mas de modo geral, vejo que há farofa, salpicão (salada de frango, batatas, maçã, maionese, presunto,  etc) ou outra salada. Também sempre há algum tipo de arroz festivo, cheio de ingredientes.

A farofa seria algo tipicamente brasileiro na ceia de Natal. Falando em farofa, é interessante notar a reação de estrangeiros, principalmente norte-americanos, ao experimentá-la. A farinha de mandioca tem textura e sabor diferente de tudo que eles conhecem, não existe nada semelhante.  O que para nós brasileiros expatriados parece mais com a saudade de casa, para eles parece algo muito diferente - ou muito estranho.

No comments: