25.1.08

Enxugamento

Há cerca de três meses entrei em uma academia de musculação. Uma coisa de faço de tempos em tempos, quando a agenda de atividades e trabalho me permite. E a preguiça não impede. Em torno de dois meses depois do começo, os efeitos começam a surgir. Percebe-se que os músculos estão mais rígidos e que a disposição e o bem-estar aumentam. Mas a famigerada barriga não cede. Não tem jeito. Mesmo os trinta minutos de esteira, que dizem queimar gordura, feitos no final da sessão de musculação, após a execução de todos os exercícios nos aparelhos, não são suficientes para fazê-la encolher.

Qual o mistério?

O caso é que, mesmo gastando muita energia na academia, as calorias eram totalmente recuperadas, pois acabava comendo mais, já que o apetite aumentava. Resolvi apelar para os cuidados médicos. Com colesterol alto não se brinca. Principalmente quando se tem histórico familiar de ocorrências coronárias.

Entrei em um frugal regime de 1300 calorias. Por incrivel que pareça, não precisei mudar muito a minha alimentação, pois já consumo bastantes frutas, verduras e legumes. Fui descobrir (isto é, a gente já sabe, mas não quer acreditar) que o que engorda são os extras: o chocolate do meio do dia, a pizza da noite, o bolo do lanche, essas coisas boas, quase sempre doces.

Deixando as guloseimas de lado, investindo no adoçante, seguindo o cardápio traçado e continuando a malhação, já consegui perder dois quilos. Em 10 dias. Acredito que não vai ser difícil chegar no objetivo de perda total de 6 quilos em dois meses. O bom é que - espero - o colesterol irá baixar e a barriga irá enxugar.

Espero que a lição fique. O caso daqui para a frente, depois de encerrar o regime, é não exagerar, manter o peso e fazer exercícios. A lição é velha, mas não existe outra opção.

1 comment:

floresdeplastico said...

Dois quilos em 10 dias é excelente, que inveja! E eu acho que praticar exercícios ainda é a forma mais saudável de perder peso.

Uma vez fiz a South Beach e, mesmo sedentária, o resultado foi impressionante. Mas é difícil mantê-la num mundo repleto de carboidratos. E ganhei tudo o que perdi, e mais um pouco. Preferi voltar a malhar, mesmo sem ter resultados tão impactantes, de imediato.
=*